FANDOM


Arco VS. a 5° Brigada Especial de Incêndio
Arco 2
Informação do Arco
Capítulos 1314151617181920
Cronologia
Anterior Arco de Introdução
Próximo Arco VS. a 1° Brigada Especial de Incêndio

O Arco VS. 5° Especial Bombeiros (VS. 第 5 特殊 消防隊, VS. Dai 5 Tokushu Shōbōtai)  é o segundo arco da série En En no Shobotai. Que segue o confronto entre a 8° e a 5° Brigada Especial de Incêndio.

História Editar

O Confronto Editar

Young Hibana & Iris

Iris relembra seu passado com Hibana.

Depois que as duas equipes se enfrentaram, tanto Iris e Hibana olharam uma para a outra, e retornaram para suas sedes. No dia seguinte, Shinra reuniu-se com Akitaru e Takehisa, e eles discutiram sobre o que ser um bombeiro representa, quais são seus objetivos e a a tarefa especial da 8° Brigada: investigar cada uma das Brigadas Especiais de Incêndio, já que elas poderiam estar escondendo alguma informação sobre o fenômeno de combustão humana. Arthur, Maki e Iris depois apareceram e, depois de ficarem com brincadeiras no meio da reunião, Takehisa atirou na perna de Shinra com uma pistola para chamar a atenção para a reunião. Pensando que ele tinha sido ferido, Shinra ficou surpreso ao ver que não estava com ferimentos. Takehisa explicou sua habilidade de segunda geração, que lhe permite enfraquecer a explosão de uma bala , e os alertou , dizendo para se lembrarem que a 8ª estaria enfrentando adversários com habilidades nunca antes vistas e incomuns. Os bombeiros e Takehisa em seguida, foram até o telhado para treinar. Enquanto Maki e Arthur treinavam, Takehisa e Shinra discutiram sobre o passado de Hibana e como ela se tornou a comandante do batalhão da 5ª Brigada Especial de Incêndio. Conforme o tempo passava, e Arthur tinha sido facilmente derrotado por Maki, ela disse que era a vez de Shinra, mas Takehisa disse a ela que ele tinha descido para o pátio, onde Iris estava realizando seu ritual de purificação. Shinra passou e observou Iris, que estava apenas com uma toalha molhada, fazendo-o ficar excitado. Iris começou a chorar enquanto ela relembrava os momentos que passou com Hibana no Templo do Sol Sagrado.

Hibana intimidating Iris

Hibana intimida Iris.

Quando Iris colocou um roupão, Shinra pediu desculpas por perturbá-la. Parecendo um pouco mais frágil do que o habitual, Shinra perguntou se ela estava bem, ela deu-lhe um sorriso falso e lhe assegurou que estava bem. Shinra repousava na cama pensando em Iris e se ela estava com algum problema, e perguntou a opinião de Arthur sobre isso, mas ele achava que ela não estava agindo diferente. Maki irrompeu no dormitório, dizendo-lhes que Iris tinha desaparecido da igreja, para grande confusão de Shinra. Iris apareceu no Complexo Industrial da 5° Brigada Especial de Incêndio, querendo falar diretamente com Hibana. Quando ela se encontra com Hibana, ela tenta dizer a ela que o que ela está fazendo, referindo-se a pesquisa ilegal dos indivíduos de fogo, é uma violação ao deus do sol que ambas adoraram no Templo do Sol Sagrado. Hibana não ouve, e em vez disso arranca o hábito de Iris , exclamando que ela não é digna de usá-lo.Ela agarra Iris e lhe dá um sorriso intimidante, ela fala de como a irmã é uma simples decoração trivial da Brigada Especial de Incêndio, e não tem importância nenhuma na organização, e diz que a única coisa real que existe neste mundo são demônios, comparando-se a um. Quando ela sugere que eles usem Iris como isca para atrair a 8°, Hibana ouve um barulho do lado de fora do Complexo Industrial. Shinra aparece e afirma que ele estava indo salvar Iris.

A 8° Brigada Chega Editar

The 8th infiltrates the 5th

A 8ª chega no Complexo Industrial.

O resto da 8° Brigada exceto Akitaru se infiltrou no Complexo Industrial derrubando as paredes de segurança com Excalibur e com a Caixa de Fósforos. Takehisa diz a Shinra para usar sua habilidade de ignição para descobrir o paradeiro de Iris. Passando pelos bombeiros da 8° com facilidade devido à sua agilidade e Habilidade de Ignição, ele segue em busca de Iris. Takehisa começa seu ataque sobre os bombeiros da 5ª Brigada usando suas armas para incapacita-los sem feri-los mortalmente, e Maki observa que ele é mais cruel quando luta com pessoas do que com indivíduos de fogo, a que ele responde dizendo que ele se juntou a Brigada Especial de Incêndio para fazer as pessoas de Tóquio entenderem. Maki comenta sobre seu desejo de salvar as pessoas ao invés de lutar contra elas, e Takehisa lembra-lhe da vez que ela socou um bombeiro da 5° Brigada. Tōru Kishiri em seguida, aparece escondido, ouvindo a conversa deles. Usando a Goma de Mascar de Refluxo de Bolhas, ele tenta ferir Takehisa na explosão, mas Maki prevalece e manipula a explosão para longe de Takehisa com sucesso. Quando a dupla da 8° se esconde, Maki é capaz de estimar a localização do adversário dentro de um armazém, permitindo a Takehisa usar sua Manipulação de Velocidade e Manipulação de Ricochete para derrotar Tōru. Quando eles pensaram que o caminho estava livre, os 3 anjos da 5ª apareceram diante deles, impedindo-os de se seguirem em frente. Arthur, seguindo as pegadas de Shinra se vê perdido no Complexo Industrial. Do nada, um homem de aparência estranha da 5ª Brigada aparece diante dele, aparentemente confrontando Arthur. Atrás do membro da 5° Brigada , Setsuo aparece com o número 5 gravado em sua cabeça e sussurrando para si mesmo com intenções assassinas. Arthur, em seguida, começa a murmurar consigo mesmo,tentando dizer uma frase legal antes de se preparar para lutar contra ele.

Flash of Lightning

Arthur derrota Setsuo.

Conehead 5º explica sobre a nova força de Setsuo devido a ele ter ingerido drogas experimentais. Quando ele revela sua nova arma colocada em seu braço, Setsuo começa seu ataque sobre Arthur. Defendendo-se com sucesso dos ataques de Setsuo, Arthur se observa como cavaleiro. Hibana, em um local diferente da luta, pede uma atualização do que está acontecendo entre as duas brigadas, e um guarda-costas informa-a do confronto entre os 3 anjos da 5ª e Hinawa, Arthur e Setsuo e da não localização de Akitaru. Hibana afirma que ela quer descobrir os segredos do fenômeno de combustão humana e que vermes como a 8º não merecem saber. Arthur fica encurralado enquanto Setsuo ataca-o. Persistentemente tentando atacá-lo, Arthur não consegue acertar um golpe, e Setsuo declara que ele é um fracote. Arthur faz uma pausa para pensar e percebe que algo estava errado o tempo todo; Excalibur estava em sua mão esquerda, embora ele seja destro. Quando Setsuo carrega seu ataque final, Arthur ataca-o com o Corte Violeta Relâmpago, dividindo o indivíduo de fogo ao meio,terminando a luta em uma derrota rápida e inesperada. Conehead olha com espanto para Arthur e Arthur balança sua espada afirmando que ele sabia que algo estava errado.

Shinra vs. Hibana Editar

Hibana vs Shinra

Shinra vs. Hibana.

Takehisa e Maki acabam com os 3 anjos da 5ª e procuram documentos que citam segredos por trás do fenômeno. Quando Shinra chega na mansão de Hibana, ele é interceptado por mais membros dos 3 Anjos da 5°, mas ele os derrota com um pontapé de fogo. Hibana percebe que há um intruso, e diz a Iris para rezar a seu deus mesquinho. Iris lembra-se de Hibana do tempo em que as irmãs do Templo do Sol Sagrado estavam sendo envolvidas em chamas depois de serem atingidas pelo fenômeno, e perguntou-se por que ela agia daquele jeito agora. Afirmando ter a sorte de ter despertado a habilidade de se adaptar às chamas e tornar-se alguém da terceira geração, Hibana afirma que há pessoas que queimam e são queimadas, e que ela é daquelas que queimam. A um passo de ferir Iris, Shinra aparece através da porta, afirmando que o herói tinha chegado em cena. Shinra pensa no encontro anterior que teve com Hibana e como ele ficou paralisado no chão, mas afirma que não vai ser igual dessa vez. Hibana para Shinra em quando ele corre até ela, e cai no chão devido a habilidade de calor de Hibana. Quando Shinra está no chão desconcertado, Hibana explica sua habilidade a ele, revelando que ela o envolveu em uma camada de calor, o que ampliou os vasos sanguíneos, reduzindo a pressão sanguínea, portanto, deixando as células sanguíneas demorarem a chegar até o cérebro e, como resultado disso, ele sofreu as tonturas. Shinra continua lutando com sua coragem para se levantar, afirmando que não a tontura não é nada, mas sim sua imaginação que está parando-o;em seguida, ele alega que ele vai usar sua imaginação para se tornar um herói. Hibana se enfurece e exibe sua habilidade de ignição. Em troca, Shinra abre um sorriso intimidante e afirma que ele vai  abrir os olhos de Hibana.

Shinra vs Hibana

Depois de lutar, Shinra prevalece.

Hibana atacou o menino com uma rajada de chamas, e enquanto ele tentava se levantar, ela jogou-o de volta para o chão. Shinra ficou irritado por ainda estar tonto devido ao ataque anterior. Hibana apontou que ele nunca ia se tornar um herói, e continuou seu ataque, cortando seu rosto no processo. Iris gritou dizendo para Hibana parar, mas ela ressaltou que, se o Deus Sol realmente existisse, nada disso iria acontecer, numa tentativa de provocar Iris. Iris perguntou a Hibana se ela achava que a salvação existia, e Hibana usou seu passado de ser uma das duas sobreviventes do incêndio do templo como um exemplo. Alegando que ser salva a fez sentir-se incrível e soube que não era um lixo como o resto das pessoas, e que o status e dinheiro que você ganha com uma posição de poder é a salvação. Bem como, no templo, todas as freiras que oraram ao Deus Sol diariamente, foram queimadas, e apesar disso, Hibana foi uma das poucas que se salvou das chamas, embora ela não fosse fiel a religião, enquanto que as outras irmãs eram. Shinra começou a recuperar o equilíbrio e relacionou seu caso de se tornar da terceira geração ao de Hibana, comparando-os, mas Hibana continuou seu ataque sobre ele, envolvendo-o em um turbilhão de chamas. Shinra permaneceu forte e superou seus ataques, quando ele surpreendeu Hibana, dizendo que ele vai derrota-la para seu próprio bem. Hibana, assustada e confusa com suas palavras, deixou baixar sua guarda, permitindo a Shinra usar sua habilidade de ignição para se lançar a frente e acertar um soco poderoso no rosto dela, gritando que ia abrir os olhos dela.

Shinra vs Hibana end

A luta termina de forma pacífica.

Enquanto Hibana está nocauteada, Hibana é deitada no colo de Iris e relembra-se de seu passado com as chamas. Sendo a único da Terceira Geração no Templo do Sol Sagrado, todas as irmãs ficavam sempre entusiasmadas para ver as flores de fogo que ela criava. Quando Iris via timidamente as flores de um canto. Hibana a avistou e disse para que ela se aproximasse. Uma pessoa idosa se aproximou e disse a Hibana para parar de brincar com o fogo, uma vez que era perigoso, mas Hibana respondeu que era seguro. Quando todas as irmãs foram para a capela, Iris parou e pediu a Hibana e para ver suas flores de fogo novamente. Hibana fez uma promessa a ela dizendo que ia mostrar a ela as flores quando Iris perdesse sua timidez. Quando andaram para a capela, eles ficaram espantadas quando viram que todas as irmãs estavam sendo queimadas pelo fenômeno de combustão humana. Hibana cobriu os olhos de Iris, e elas escaparam do templo a salvo. Vivenciando o trauma e uma vez pensando em chamas como uma coisa bonita, Hibana mudou seu conceito de realidade e dedicou seu tempo a pesquisar e fazer experimentos nos corpos dos indivíduos de fogo, e eventualmente, se tornando um demônio auto-proclamado.Anos se passaram e Hibana finalmente deixou sua residência com Iris para perseguir seu objetivo de descobrir tudo sobre o fenômeno e viver sua própria vida. Ela acabou vendendo sua pesquisa para as Indústrias Hajima, e dando-lhes o que eles queriam, ela alcançou o status de Comandante de Batalhão, bem como o financiamento para seus experimentos. Hibana finalmente despertou, encontrando-se no colo de Iris. Questionando a determinação de Iris de ajudar e confortá-la, Iris explicou que Hibana foi visto como a mais bela, inteligente e incrível do templo, e que todas as irmãs a viam como uma heróina. Hibana afirmou que embora isso podia ser verdade, ela nunca teria alguém para lhe salvar. Shinra então, afirmou que, se ela está procurando um herói, ele seria o herói dela, e ela corou. Iris pediu a Hibana se ela poia finalmente ver as flores de fogo de novo, então Hibana usou sua habilidade para criar flores de em forma de íris , enquanto Iris abraçava Hibana.

A 5° e a 8° Fazem as Pazes Editar

Artificial Flame Human

Hibana afirma que alguém está criando indivíduos de fogo artificiais.

Takehisa chama Akitaru e informa-o sobre a situação no Complexo Industrial, assustando Akitaru com a rapidez com que eles terminaram o trabalho.Como inicialmente eles tinham o plano de fingir que a invasão era apenas um treino colaborativo entre as brigadas, Shinra, Hibana e Iris discutiram como eles iam explicar o confronto entre as duas brigadas se elas nunca foram amigáveis, e decidiram realizar um jantar com as duas brigadas. No jantar, Hibana e Akitaru começaram a falar sobre os recentes acontecimentos. Akitaru questionou sua decisão de compartilhar seus segredos do fenômeno de combustão humana com a oitava, à qual Hibana expressou que a sua mente tinha sido iluminada por ninguém menos que Shinra, ao qual Akitaru concordou que o menino é um membro importante da 8°. Hibana então revela que desde que ela tinha feito vários experimentos com órgãos dos indivíduos de fogo mortos, ela percebeu que alguns deles eram diferentes, e assim suspeitou que alguém estava criando indivíduos de fogo artificiais. Ela continuou a afirmar a sua vontade de esmagar a pessoa por trás disso, pois eles poderiam ter sido os que queimaram as irmãs no Templo do Sol Sagrado. Akitaru, inicialmente desconfortável pelos experimentos de Hibana em cadáveres, reconheceu e afirmou que eles compartilham os mesmos objetivos. Hibana em seguida, afirmou que todos os indivíduos de fogo artificialmente criados estão concentrados em torno do distrito de Shinjuku, que a área da jurisdição da 1° Brigada Especial de Incêndio.




Cute2 Este artigo foi parcialmente traduzido da Fire Brigade of Flames Wiki (inglês), (ver autores)
This article was partially translated from Fire Brigade of Flames Wiki (english), (see authors)